Escuta – Uma postura participativa no diálogo

SOBRE A EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM

Qual o nome da sua Experiência de Aprendizagem?

“ESCUTA: Uma postura participativa no diálogo”

Sobre o tema ou assunto dessa Experiência de Aprendizagem:
Sabemos que a escuta de um facilitador de diálogos, como um mediador, conciliador, coach, terapeuta, ou gestor de pessoas deve ser atenta, interessada, sem preconceitos e com o seu juízo de valor suspenso.

Para ajudá-los nesta tarefa proponho oferecer um aprofundamento no uso da ferramenta de comunicação “Escuta Ativa”, que tem como objetivos oferecer ao seu interlocutor um acolhimento e um sentimento de legitimidade como autor de uma fala e de um conteúdo expresso.

A ideia é pensar numa escuta focada não apenas no que foi dito, mas na forma como os relatos foram produzidos e assim poder criar com as pessoas em conflito um espaço de fala e juntos poder explorar novos caminhos.

Para tanto, temos que aprender, também, escutá-los e entender o que estão dizendo para fazermos perguntas que tragam consenso entre os participantes.

As perguntas não são uma técnica que aprendemos nos livros, mas uma ferramenta linguística para a conversação que nasce com a escuta.

Por que participar desta Experiência de Aprendizagem?
Porque o curso tem como objetivo trazer recursos e conceitos que convida a você ter uma postura mais reflexiva, participativa e comprometida no diálogo e assim poder cuidar da sua escuta sem preconceitos e com o seu juízo de valor suspenso.

Pré requisitos
Profissionais que atuam como facilitadores de diálogo e tenham interesse em se aperfeiçoar na sua prática ampliando e qualificando a sua escuta no trabalho.

Conteúdo da Experiência
Pretendo inicialmente trazer alguns conceitos básicos da Comunicação e seus axiomas para depois abordar o “Pensamento Sistêmico”, a “Teoria do Observador”, e a “Postura Reflexiva” de Tom Andersen e na sequência articular:

  • o conceito de Linguagem em uso e “Jogos de Linguagem” trazido por Ludwig Wittgenstein;
  • a posição do “Não Saber”, conceito trazido pelos terapeutas Harlene Anderson e Harold Goolishian que nos leva a uma escuta com uma grande e genuína curiosidade em relação à fala do outro;
  • o conceito de “Marcas do Discurso” trazido para o atendimento pela psicóloga Marilene Guirado.

O que você vai aprender
Aperfeiçoar a sua escuta através de recursos e ferramentas conversacionais e assim não só ampliar sua escuta no que foi dito, mas como foi produzido o relato do cliente para juntos poder explorar novos caminhos na conversa.

Como você vai se engajar
Com a exposição de recursos e conceitos através de discussão e dinâmicas em pequenos grupos e duplas, exercícios com fragmento de casos reais e filmes.

Para quem esta Experiência de Aprendizagem foi pensada
Para você que trabalha como facilitador de diálogos e que tenha interesse em aperfeiçoar sua escuta no diálogo com seu cliente e, ao mesmo tempo estar atento ás sua próprias emoções e afetações produzidas pelo discurso do outro e assim cuidar da sua imparcialidade.

Investimento:
3 parcelas de R$ 190,00
Desconto para associados

PARA MAIS INFORMAÇÕES
PREENCHA O FORMULÁRIO ABAIXO